A tempestade Stephanie e as Queijadinhas de domingo à tarde

Enquanto a cidade do Porto aguarda com alguma consternação a aproximação da tempestade Stephanie, há que recolher ao conforto doméstico e aproveitar para ressuscitar  uma iguaria retirada do livro de receitas old style da minha mãe.

DSC_0055

As queijadinhas eram convidadas habituais em todas as festas de aniversário infantis da família; já não seria a mesma coisa se a avó não trouxesse os doces tradicionais destas ocasiões dos quais confesso ter tido sempre uma especial afeição pelas queijadinhas de leite.

Apesar de pertencer ao espólio secreto de receitas da família, a minha confessa admiração pelos leitores mais fieis, obriga-me a ceder a receita para que possam também experimentar umas das protagonistas da doçaria tradicional portuguesa.

Queijadinhas

Ingredientes

| 375g de açúcar (eu costumo roubar 50g mas a receita original diz 375g de açúcar)

| 50g de margarina (Derretida)

| 3 ovos inteiros

| 100g de farinha

| 1/2l de leite

Confecção:

Liga-se o forno nos 250º.

Derrete-se a manteiga e seguidamente junta-se ao açúcar e bate-se. Continuando a bater, juntam-se os ovos um a um e seguidamente a farinha finalizando com o leite.

Coloca-se no forno previamente aquecido e reduz-se a temperatura para os 200º. Retiram-se quando estiverem bem douradinhas.

DSC_0048

DSC_0056

DSC_0062

DSC_0069

Espero que estas imagens se revelem inspiradoras e que inundem os sentidos, aconselho um chá para acompanhar.

Do Porto com Amor,

Catarina.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s