É Queima

Em época de Queima das Fitas toda a cidade se transforma e inunda de cores. É tempo de euforia, nostalgia.. A mais pura panóplia de sentimentos que já tive oportunidade de experimentar.
E é por toda a inocência e liberdade que já vivi nesta época em tempos idos, que não posso deixar de fazer uma sincera homenagem à Saudade. Palavra que, por variadíssimos motivos, tem dominado os meus pensamentos nos últimos dias.
A todos os que vivem hoje estes dias, recomendo que os apreciem e disfrutem em toda a sua essência porque mesmo os futuros momentos de felicidade extrema que nos estão reservados, nunca apagarão a Saudade que iremos sempre sentir desta etapa de vida insubstituivel.

 

Do Porto com Amor, Catarina.